Páginas

terça-feira, 29 de maio de 2012

"Doar-se é um gesto de amor, de solidariedade"



Não espere o vento soprar na sua direção, nem corra atrás do vento. A vida está dentro de você e viver este dia é o melhor que você pode fazer. Não deixe alguém esperando pela sua palavra. Abra o seu coração e olhe para a dor da humanidade. Do seu lado pode estar alguém que sofre em silêncio. Não se feche nem retenha as coisas boas. Solte, libere a sua melhor parte.
Há muitas mãos estendidas, há muitos rostos chorando, há muitas vidas precisando de você. Há dor no mundo! Há fome! Há luta! Há dor sobretudo NA ALMA das pessoas.
Você pode, se você acha que pode. Faça algo neste dia. . . Pode ser que amanhã a sua palavra fique presa na garganta porque a morte se sobrepõe a vida. Não retenha a sua fidelidade, o seu gesto de amor, a sua solidariedade, a sua amizade, o seu melhor sentimento. Não sabemos o que nos espera no próximo minuto. Uma existência toda se esvai num segundo determinante. Faça a sua parte no mundo. Não silencie, não se omita.

Pode ter certeza. Algum coração neste momento bate por você, uma alma ferida precisa das suas palavras, um amigo espera seu gesto, um faminto espera o pão, um doente a cura, alguém que você nem conhece deseja intensamente estar vivo e no seu lugar. Deus habita no meio daquele que tem o maior sentimento do universo: O AMOR

"Nossas vidas só começam de fato quando percebemos que não adianta querer ser o maior e o melhor entre os homens, mas sim quando conseguirmos enxergar nas pequenas coisas que observamos, nos pequenos detalhes, as grandes verdades do universo e o fruto do amanhã, que contém a semente da sabedoria.

Autor desconhecido




segunda-feira, 28 de maio de 2012

A cada momento de nossa existência 
temos que escolher entre um caminho e o outro... 
Uma simples decisão pode afetar uma pessoa para o resto da vida."

"O diário de um mago"
Paulo Coelho


Verba para oncologia do Hospital Geral está garantida




Montante de R$ 3,8 milhões do Inca será utilizado para a construção de um prédio nos fundos do hospital e para a instalação de equipamentos
Em janeiro, a direção do Hospital Geral, de Caxias do Sul (RS), assinou um contrato com a Caixa Econômica Federal para receber, a fundo perdido, R$ 3,8 milhões do Instituto Nacional do Câncer (Inca), órgão do Ministério da Saúde. O montante será utilizado para a construção de um prédio nos fundos do hospital e para a instalação de equipamentos como um acelerador linear e outro conhecido como HDR.
Os aparelhos são usados como complemento no tratamento de alguns tipos de câncer por meio de rádio e braquiterapia, usada no combate, entre outros tipos, ao câncer de próstata e de colo do útero.
A instalação do acelerador linear demandará a construção de uma estrutura especial no prédio. Para evitar o vazamento da radiação, a máquina será instalada em uma sala, no subsolo, com paredes blindadas com três metros de espessura. Conforme o diretor do HG, Sandro Junqueira, a previsão é concluir a Unacon até o fim de 2012.

Extraído de:
 http://saudeweb.com.br/

sábado, 26 de maio de 2012

12 sintomas do câncer de mama (o mais frequente entre as mulheres)




Mulher, Ame-se!


''Nada neste mundo é mais valioso do
que a vida, do que respirar, do que acordar 
todos os dias.''
Fabiana Passoni

MULHERES DE PEITO





Ó Maria, Virgem Santa de Caravaggio,
do presépio até a cruz cuidaste do teu Filho,
e para Joaneta, foste consolação e fonte de paz.
Mostra-nos o Salvador: fruto do teu ventre,
e ensina-nos a acolher Jesus
e seguir seu Evangelho.
À tua proteção recorremos, ó cheia de graça,
em nossas necessidades: livra-nos dos perigos;
ajuda-nos a vencer as tentações;
leva ao Senhor nossa prece
e mostra que és nossa mãe, a mãe que ele nos deu.
Roga por nós, Nossa Senhora de Caravaggio,
para que sejamos dignos das promessas de Cristo.
Amém.



quinta-feira, 24 de maio de 2012

terça-feira, 22 de maio de 2012

22 De maio, Dia do Abraço


Eis uma proposta nobre: abraçar mais.
O contato físico do abraço se faz necessário para que 
as trocas de energias se dêem, e para    
que a afetividade entre duas pessoas seja 
constantemente revitalizada.
O "abraçar mais" é um excelente começo 
para aqueles de nós que nos percebemos
 um tanto afastados das pessoas, 
um tanto frios no trato com os outros.
Só quem já deu ou recebeu um sincero abraço 
sabe o quanto este gesto, aparentemente 
simples, consegue dizer.

Muitos pedidos de perdão foram traduzidos 
em abraços Muitos dizeres "eu te amo" 
foram convertidos em abraços.
Muitos sentimentos de saudade 
foram calados por abraços.
Muitas despedidas emocionadas selaram 
um amor sem fim no aconchego de um abraço.
Assim, convidamos você a abraçar mais.
Doe seu abraço apertado para alguém, 
e receba imediatamente a volta deste ato carinhoso.
Pense nisso! Abrace mais você também.








domingo, 20 de maio de 2012








DEUS..Tanto tempo te procurando não sabia onde estavas, olhava o infinito não te via..E pensava comigo mesmo, será que você
existe? Não me contentava na busca e proseguia.Tentava te encontrar nas religiões e nos templos, você também não estava te
busquei através dos sacertotes e pastores, também não te encontrei.. Senti-me. só, vazio, e desesperado, e descrente.. E na
descrença te ofendi, na ofens...a tropecei, e no tropeço caí, e na queda senti-me fraco..Fraco procurei socorro, no socorro encontrei
amigos..Nos amigos encontrei carinho..No carinho eu vi nascer o amor...Com o amor, eu vi um mundo novo, e no mundo novo resolvi viver..E o que recebi resolvi doar..Doando alguma coisa, recebi, e recebendo senti-me feliz..E ao ser feliz encontrei a PAZ..E tendo
PAZ, foi que enxerguei...Que dentro de mim é que você estava...E sem procurar-te foi que te encontrei"

Maravilhosa semana de paz


Add caption




quinta-feira, 17 de maio de 2012


Última atualização: 02/05/2012
A mamografia feita a cada dois anos por mulheres de 40 a 49 anos traz mais benefícios do que malefícios -- isso se essas mulheres tiverem maior risco de desenvolver câncer de mama.

A conclusão é de três grupos de pesquisa diferentes dos Estados Unidos. O estudo foi publicado na revista "Annals of Internal Medicine".

Mulheres com seios muito densos (13% das mulheres nessa idade) ou que têm um parente próximo com histórico de câncer de mama (9%) têm mais chance de desenvolver a doença.

A maioria dos países europeus, os EUA e o Brasil recomendam a mamografia a cada dois anos para mulheres acima de 50 anos.

Esse protocolo já tem sido criticado por alguns especialistas, que reclamam de superdiagnóstico.

EM EXCESSO

Um estudo da Universidade de Harvard publicado em abril na mesma revista mostrou que 25% das mulheres que recebem diagnóstico de câncer pela mamografia não desenvolveriam a doença e são submetidas a tratamentos sem necessidade.

De acordo com a pesquisa, o exame evita a morte de uma em cada 2.500 mulheres que o realizam. Mas, por outro lado, submete de seis a dez delas a tratamento desnecessário contra câncer.

O estudo publicado agora sugere que a mamografia feita a cada dois anos comece ainda mais cedo, aos 40 anos, se a mulher apresentar mais risco de desenvolver câncer.

Nesses casos, afirmam os autores, a mamografia traria mais benefícios (como aumento da chance de cura) do que problemas causados por superdiagnóstico.

O estudo conclui também que se a mamografia for anual para mulheres de 40 a 49 anos, e não a cada dois anos, o risco de malefícios, como tratamento desnecessário, aumenta. Mamografias digitais, que têm melhor resolução, também trazem mais chance de diagnóstico exagerado.

Fonte: Folha de S.Paulo


terça-feira, 15 de maio de 2012

domingo, 13 de maio de 2012



Parabéns pelo seu dia MÃE! 




Às Mães

- às Mães que apesar das canseiras, dores e trabalhos, sorriem e riem, felizes, com os filhos amados ao peito, ao colo ou em seu redor; e às que choram, doridas e inconsoláveis, a sua perda física, ou os vêem “perder-se” nos perigos inúmeros da sociedade violenta e desumana em que vivemos;
- às Mães ainda meninas, e às menos jovens, que contra ventos e marés, ultrapassando dificuldades de toda a ordem, têm a valentia de assumir uma gravidez - talvez inoportuna e indesejada – por saberem que a Vida é sempre um Bem Maior e um Dom que não se discute e, muito menos, quando se trata de um filho seu, pequeno ser frágil e indefeso que lhe foi confiado;
- às Mães que souberam sacrificar uma talvez brilhante carreira profissional, para darem prioridade à maternidade e à educação dos seus filhos e às que, quantas vezes precisamente por amor aos filhos, souberam ser firmes e educadoras, dizendo um “não” oportuno e salvador a muitos dos caprichos dos seus filhos adolescentes;
- às Mães precocemente envelhecidas, gastas e doentes, tantas vezes esquecidas de si mesmas e que hoje se sentem mais tristes e magoadas, talvez por não terem um filho que se lembre delas, de as abraçar e beijar...;
- às Mães solitárias, paradas no tempo, não visitadas, não desejadas, e hoje abandonadas num qualquer quarto, num qualquer lar, na cidade ou no campo, e que talvez não tenham hoje, nem uma pessoa amiga que lhes leia ao menos uma carta dum filho...;
- também às Mães que não tendo dado à luz fisicamente, são Mães pelo coração e pelo espírito, pela generosidade e abnegação, para tantos que por mil razões não tiveram outra Mãe...e finalmente, também às Mães queridíssimas que já partiram deste mundo e que por certo repousam já num céu merecido e conquistado a pulso e sacrifício...
A todas as Mães, a todas sem excepção, um Abraço e um Beijo cheios de simpatia e de ternura! E Parabéns, mesmo que ninguém mais vos felicite! E Obrigado, mesmo que ninguém mais vos agradeça!
 
Fonte: APFN - Associação Portuguesa de Famílias Numerosas
Trav. do Possolo, 11, 3º
1350-252 Lisboa

Por que você está chorando? Ele perguntou à sua mãe: 
- Porque eu sou mãe , ela respondeu. 
Eu não entendi , ele disse. 
Ela apenas o abraçou e sussurrou:
-Você nunca entenderá .
Mais tarde o menino perguntou ao pai porque as mães parecem chorar sem nenhuma aparente razão.
Todas as mães choram sem motivo , foi o que o pai conseguiu responder.O menino cresceu, tornou-se um homem e ainda tentava entender porque mães volta e meia estão chorando.
Após muitos anos, já em avançada idade, ele deixou o mundo.
Quando sua alma viu-se frente a frente com Deus, logo disse:
Senhor, nunca entendi porque mães choram tão facilmente
Disse Deus: Quando eu criei as mães tinha que ser algo especial.
Eu fiz seus ombros fortes o suficiente para carregar o peso do mundo e, ainda, suficientemente confortáveis para dar apoio.Eu dei a elas a força para a hora do nascimento dos filhos e para suportar a rejeição que tantas vezes vem deles.
Eu dei a elas a fibra que permite a continuação da luta quando todos à sua volta já desistiram.
Dei-lhes a perseverança em proteger a família por entre doenças e tristezas sem jamais desistir de amar.
Dei-lhes a sensibilidade para amar seus filhos diante de quaisquer circunstâncias, mesmo que eles a tenham magoado profundamenteEssa mesma sensibilidade as ajuda a silenciar o chorinho dos seus bebês, fazendo com que se acalmem e, quando adolescentes, que compartilhem com ela suas ansiedades e medos. ...
E, finalmente, dei-lhes a lágrima para derramarem sem nenhuma razão aparente.
É sua única fraqueza.
Por que fiz isso?
Para não diferenciá-las por completo do restante da espécie humana .

Reflita !!
Velho Sábio
Parabéns mamãe!





sexta-feira, 11 de maio de 2012






Um enorme coração faz toda diferença..

Amar ao próximo é fazer a alegria de alguém, por mais insignificante que ela possa parecer.
É ter olhos de ver a necessidade embutida nos olhos tristes.
É ter ouvidos de ouvir os  soluços afogados na garganta e os pedidos jamais expressos.
Amar ao próximo é simplesmente ter a capacidade de olhar um pouco além de si mesmo.

Autor 
Equipe de redação do momento espirita




quinta-feira, 10 de maio de 2012


Segundo uol NOTICIAS

Saúde vai distribuir remédio para tratamento de leucemia em crianças




O tratamento de crianças com leucemia passará a ser feito com remédio distribuído pelo Ministério da Saúde. Portaria publicada no Diário Oficial da União prevê o fornecimento pelo governo de um medicamento, o Glivec, para casos pediátricos de leucemias mieloide crônica e linfoblástica aguda. Anualmente, são registrados cerca de 4.800 novos casos destes dois tipos de câncer em menores de 21 anos.

A compra centralizada deste medicamento para tratamento de pacientes adultos já é feita desde o ano passado. O objetivo da Secretaria de Atenção à Sáude (SAS) é ampliar essa estratégia para outros remédios usados no tratamento da doença. Atualmente, a maior parte do tratamento fica a critério dos médicos das unidades especializadas. A compra é feita localmente e o pagamento, feito por reembolso.

A prática, de acordo com secretário da SAS, Helvécio Miranda, dá margem a indicação incorreta da medicação e desvio de recursos. "Indícios de irregularidades foram identificados em alguns processos de compra destas drogas ao longo de 2009 e 2010", disse.

Miranda afirma que a definição do pacote de medicamentos cuja compra deverá passar a ser centralizada deverá ser feita em um ano. A ideia da centralização e de protocolos rígidos não agrada parte de médicos e associações de pacientes, que temem a limitação da oferta de remédios. O receio é que o acesso a drogas mais caras, nas compras centralizadas, seja dificultado. Miranda, no entanto, diz que o problema não vai ocorrer .

Os protocolos - que indicam quais medicamentos devem ser usados e em que situação - servem como orientação básica. "As exceções estão previstas. Isto dá mais controle, evita desperdício." De acordo com Miranda, a centralização da compra do Glivec trouxe em dois anos uma economia de R$ 400 milhões. "Como a compra é feita em escala, a margem de negociação para redução de preço é grande." Ele afirma também que parte dos recursos foi poupada com indicação correta e sem desperdícios.
 A essência da vida
"A arte de adoecer não é a mesma do que a arte de curar-se. 
Alguns pacientes de câncer se recuperam enquanto alguns não se recuperam. Mas, o sofrimento de encarar sua mortalidade e sentir suas fraquezas aguçam sua perspectiva sobre a vida. Você passa a apreciar certas coisas pequenas de forma mais aguerrida. Você passa a entender o poder místico do amor. Você sente a forca gravitacional da sua fé. E você passa a compreender que tem um dom único - um campo de visão que outros não possuem sobre o poder da esperança e os limites do medo; uma coleção de convicções solidas sobre o que realmente tem valor e o que não tem valor algum. Você, igualmente, sente-se compelido a compactuar estas convicções, e a mais importante delas é a de que que existem coisas muito piores que a doença- por exemplo - a ausência da alma."
(Tony Snow)

terça-feira, 1 de maio de 2012

Catalunha concede prêmio a Lula por luta contra pobreza






Ex-presidente foi agraciado pelas políticas sociais e econômicas de seu governo


O governo da Catalunha, na Espanha, anunciou nesta segunda-feira (02/04/2012) que o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva é o vencedor do XXIV Prêmio Internacional Catalunha, por suas políticas sociais e econômicas que colocaram o Brasil na vanguarda da globalização.
A honraria é concedida anualmente pelo governo catalão para pessoas que contribuíram napromoção de valores culturais, científicos ou humanos em todo o mundo.
O presidente do governo autônomo da Catalunha, Artur Mas, que também lidera o grupo de jurados que escolhe o vencedor, disse que o prêmio é um reconhecimento do caráter pessoal de Lula na luta contra a pobreza e a desigualdade. O ex-presidente brasileiro agradeceu, por carta, o recebimento do prêmio.
Segundo o jornal espanhol ABC, Lula teria dito que, se sua saúde permitir, estará presente na entrega da premiação, que ocorrerá em junho, em Barcelona. Lula ainda se recupera, após o tratamento de um câncer de laringe.
A premiação inclui 80 mil euros e uma escultura do artista plástico espanhol Antoni Tápies. De acordo com o jornal El Mundo, na carta de agradecimento Lula também afirma que o prêmio "reforça a amizade" entre o Brasil e a Catalunha, e que é uma honra "para todos os brasileiros e brasileiras".
— O prêmio reforça minha convicção de lutar por uma sociedade mais justa.